© Copyright 2016  Casa Ventura | Feito por Fla Roma Marketing

April 7, 2019

July 4, 2018

February 2, 2018

December 20, 2017

November 23, 2017

Please reload

Posts Recentes

AMAR A DISTÂNCIA

April 7, 2019

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

CASAMENTO FEITO À MÃO

December 20, 2017

 

Como nos velhos tempos...

Festas são feitas de gente. Quem é que não tem um depoimento de uma festa super simples que entrou pra história pela animação ou de uma festa quase quase perfeita, que de tão sem alma poderia ser esquecida?!

A Nathalie é fã de rock e conheceu o Gui numa improvável balada de pagode, pra onde foi arrastada por uma amiga. A noite tinha tudo pra ter sido ruim, mas ela encontrou o amor e eles aprenderam juntos a tornar uma festa boa, fosse aonde fosse.

Alias, a festa de casamento deles foi das mais animadas que passaram por aqui.  Arrastaram os fotógrafos pra  um after party às 05 da manhã (só o @rodrigolana e o @wilkerfilms pra tanto pique)

E sabe como conseguiram isso? Porque apesar de serem apenas 80 convidados, tinha muita gente envolvida de corpo e alma.

Lembra como eram as festas antigamente?

Nos álbuns antigos de fotos era comum localizar a procedência e, portanto o afeto, de cada pedaço da festa: o vestido costurado pela avó, a prima vestida de personagem para entreter as crianças, o bolo da tia, os brigadeiros da mãe que passaram por muitas mãozinhas infantis, e assim por diante.

As festas eram feitas por muitos para todos, e se retibuia sempre com mais festa, revezando-se os papéis.

Aqui a gente defende que a profissionalização dos serviços  não precisa deixar de lado o senso de comunidade que embala as boas festas. Quanto mais as pessoas compartilharem a realização do momento, mais vivo e gostoso será esse dia.

A Nath e o Gui assumiram o desafio de criar um casamento rústico com a cara deles, feito quase inteiramente pela família e organizado à distância. Eles em Curitiba, a gente em Ibiúna, a equipe de foto e vídeo vindo de lugares diferentes de Minas, os Badulaques em São Paulo.... Viva a internet!

O registro documental desse processo foi super importante para "camuflar" as câmeras na festa e garantir que todo mundo se sentisse em casa de verdade quando chegou o grande dia.

 Nesse momento foi fundamental contar com ajuda profissional em alguns pontos, e a Nathalie conta pra gente mais detalhes:

"Foram inúmeros aprendizados ao organizar um casamento do zero.

O principal de todos é que você precisa MUITO da ajuda das pessoas que são próximas a você (família e amigos), e poder dividir tudo isso com ele faz com que vc crie um vínculo ainda mais forte, que tenho ctz que irá durar pra sempre.

A festa de casamento não é para celebrar apenas a união do casal, mas sim a união de duas famílias e amigos, que farão de tudo para que o dia seja inesquecível.

Nossos convidados tiveram a oportunidade de construir tudo isso com a gente. Nossos pais cozinharam, minha tia decorou a festa, minha avó fez os suspiros de amor, entre tantas outras ajudas que tivemos.

Com isso, nossos convidados viveram intensamente cada momento, recebendo de nós um pouco dessa felicidade e amor que estavam transbordando no dia.

Como forma de agradecimento por toda a ajuda que tivemos, demos algumas fotos destas pessoas nos ajudando na construção de tudo, para que elas sempre se lembrem o quão importante elas são para nós e a relembrar a incrível capacidade que elas têm de deixar o mundo ainda mais bonito."

Sonho que se sonha junto....

As nossas histórias se uniram quando o casal passou a buscar um casamento no celeiro!

"O celeiro e o bosque representavam exatamente o que buscávamos: unir o simples e o belo em perfeita sintonia."

 E é de lá que veio uma das melhores lembranças que ela guarda do dia :

"Me lembro que no meio da festa meu pai me chamou para tirar uma foto fora do celeiro, com o céu cheio de estrelas.
 Depois que tirei a foto e fui voltar para dentro da festa, parei na porta por um instante sozinha e vi como todos estavam felizes por estarem ali.
 Esse foi o nosso maior presente! Ver a cara de alegria estampada no rosto de cada um que estava lá.
 Neste momento, tive certeza que todo o trabalho que tivemos para organizar cada detalhe do casamento valeu muito a pena.

O lugar é simplesmente mágico."

As fotos traduzem o clima de descontração presente no dia e trazem uma dose espetacular de natureza, tão importante pro casal:

"Entendemos que não há cenário mais perfeito do que o equilíbrio entre um lindo bosque rústico e natural, com folhas caídas e pequenos declives e um belíssimo sol, iluminando  o dia e abençoando a nossa união. Somos daqueles casais que preferem campo à cidade. Que valorizam um lindo por do sol. Que fazem questão de andar em parques, sentar na grama, olhar as nuvens e observar um lago. Somos pessoas muito próximas e amantes da natureza."

E é com essa admiração pelas coisas naturais que a Nath responde quando perguntamos o que fariam de diferente na organização desse dia:

"Não faria nada diferente. Talvez se mudasse alguma coisa do que aconteceu naquele dia, ele poderia não ser tão especial como realmente foi. :)"

Nathalie e Gui, nós nos orgulhamos DEMAIS dessa escolha e de poder compartilhar esses valores com a sua família.

Que em 2018 as festas guardem a inspiração do que é simples, bonito e verdadeiro, como o amor.

Boas festas pra todos nós!

Bianca Ventura